quarta-feira, 10 de maio de 2017

Guardiões da Galáxia Volume 2

Guardiões da Galáxia, os heróis com menos caráter da Marvel, estão de volta às telonas para mostrar gingado e salvar o universo da aniquilação.

Música. Referências ao universo pop. Muitas piadas. Todos os elementos que fizeram do filme de estreia um sucesso têm espaço na sequência, que mal completou duas semanas em cartaz e caminha para arrecadar bilhão nas bilheterias.

Mas são justamente estes elementos de humanidade que estão sob ameaçados pela presença do antagonista do filme, uma entidade celestial tão obcecada com a própria figura, quanto desinteressada por todo o resto. Por coincidência, o vilão se chama EGO.

A nova aventura adiciona caras novas ao elenco estrelado do filme, ao mesmo tempo em que explora o universo cósmico da Marvel.

Sobra espaço para algumas esquisitices, piadas que a censura talvez não tenha entendido, pelo menos duas grandes sequências de ação e muitas cenas com Baby Groot, um carismático toquinho de madeira com dois olhões e um pouco de inocência.

Além de cinco cenas pós-crédito, o que deve ser algum tipo de recorde.











Nenhum comentário:

Postar um comentário